Categoria | ViaNews

Pronto atendimento 24 horas no posto central de saúde da São Lucas

Escrito em 11 abril 2012


  

Prefeitura de Viamão apresenta projeto do posto 24 horas, que propõe atendimento de atenção básica, primária e de baixa complexidade de saúde, durante 24 horas no posto de saúde central da São Lucas, na parada 44, ainda neste semestre.  Protocolo de classificação de risco também deverá entrar em vigor em Viamão.
O representante da Comissão de Defesa de Saúde da Câmara, vereador Luís Armando Azambuja (PT), defendeu o projeto de lei do Executivo, apresentado nessa semana a bancada governista (PT e PTB) e ao Legislativo,  para apreciação e votação, pelo prefeito Alex Boscaini e secretária de saúde, Indianara Franco, que buscam um convênio com a Fundação Hospitalar de Sapucaia do Sul – FHSS, para a realização de atendimentos ambulatoriais de baixa complexidade 24h na Unidade de Referência em Saúde (URS) – Posto central de Saúde – da São Lucas, localizada na parada 44 de Viamão.

Viamão investirá R$ 300 mil ao mês

De acordo com o vereador Armando Azambuja, será repassado pelo município, R$ 300 mil mensais, num total de R$ 3.6 milhões, por um período de 12 meses, podendo ser renovado por igual período.

A medida tem por objetivo qualificar o atendimento a comunidade, onde em conjunto com o Conselho Municipal de Saúde – CMS e a gestão municipal, entenderam que era necessária a criação de um serviço de atendimento 24h de responsabilidade do Município, o qual funcionará na URS São Lucas com a retaguarda do Instituto de Cardiologia – Hospital Viamão e Samu Salvar.

A escolha desta fundação deu-se em virtude da mesma já prestar serviços em outros municípios nesta área e da boa avaliação deste trabalho pelos contratantes.

Atenção básica, primária e de baixa complexidade nas 24h.

Na prática, conforme explica o vereador Armando, o município vai cuidar da atenção básica, primária e de baixa complexidade, proporcionando um atendimento 24h. no Posto Central de Saúde da São Lucas, na pada 44. “Em fim teremos o tão sonhado e reivindicado pela população, que é um serviço de atendimento ambulatorial em posto de saúde 24 horas”, enfatizou.

Novo serviço terá início neste semestre, com capacidade de atender até 10 mil/mês

O vereador antecipou ainda, que o novo serviço terá início ainda neste semestre, com capacidade de atender, pelo menos, de 5 a 10 mil atendimentos mês, dia e noite. “Será formado uma estrutura permanente, com médicos clinico geral, ginecologista, obstetras e pediatras, além de enfermeiros, técnicos em enfermagem e demais profissionais da saúde, exclusivamente para o serviço ambulatorial de 24 horas, sem prejuízos dos demais serviços de atendimento a população junto UBSs das vilas de Viamão”, completou o vereador Armando, da Comissão de Saúde da Câmara.

Urgência/Emergência no Hospital de Viamão

Caberá ao Estado, através do Hospital Viamão, o atendimento de alta complexidade.
Com isso, a secretaria estadual de saúde manterá os repassasses mensais de recursos ao Hospital de Viamão, para garantir os atendimentos a população viamonense, com situações de urgência/emergência.

Protocolo de classificação de risco entrará em vigor em Viamão

Por outro lado, o vereador Armando defendeu que, tanto o novo serviço de pronto atendimento 24h da prefeitura, no posto central de saúde da São Lucas, quanto nos atendimentos de urgência/emergência do Instituto de Cardiologia – Hospital Viamão, sejam implantados o chamado protocolo de acolhimento com classificação de risco, com observância da Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS.

O vereador Armando explica que o sistema consiste em classificar os usuários de acordo com os graus de risco definidos pelo Protocolo de Manchester, com objetivo de agregar mais agilidade e segurança aos atendimentos humanizado a quem usa os serviços públicos de saúde, além de garantir que os casos realmente mais importantes do ponto de vista do risco para a saúde tenham precedência sobre os demais. “Representa a garantia do atendimento a todos, mas principalmente a quem está mais vulnerável. Isso é qualidade e segurança de atendimento, tanto para o usuário que busca atendimento, quanto do profissional que presta esse o serviço”, defendeu.

Mudando para qualificar

Para o vereador Armando, a qualificação da assistência prestada a população na área da saúde, passa por necessárias mudanças, tanto na estrutura física, estrutural, quanto no processo assistencial de atendimento. “Além de reformar e construir novos postos de saúde e contratar novos profissionais, são necessários humanizar e respeitar os usuários na forma da lei”, completou.

Gostou? Compartilhe!

Escrito por:

- escreveu 4634 noticias/artigos no Viamão Hoje.
Quer escrever no site ou enviar sua matéria? Entre em contato conosco.

Faça seu comentário

Obrigatório

Viamão Hoje – As Ultimas Noticias de viamão

Viamão Hoje – Primeiro Jornal Digital de Viamão – 24 hs por dia, todos os dias!